Independência das 13 Colônias

A Independência das Treze Colônias ocorreu em 1776, quando ainda não existiam os Estados Unidos da América. Também pode ser chamada de Revolução Americana, porque é um movimento de Emancipação com elementos iluministas radicais.

Antecedentes da Independência das 13 Colônias

A colonização da América Inglesa foi totalmente diferente da que ocorreu na América Latina, porque foi de povoamento. Além disso, essa colonização teve duas motivações: uma religiosa primordial e teve também a motivação mercantil.

Os calvinistas migraram para as Treze Colônias para fugir da perseguição na Inglaterra.

As Treze Colônias eram vistas como uma terra de liberdade Religiosa, mesmo antes da Independência.

A base do calvinismo é a predestinação, pois Deus conhece e sabe tudo, portanto, prosperidade é sinal de que se é predestinado. Dessa forma, o calvinismo foi idealizado pela burguesia.

Bandeira Independencia das 13 Colônias Norte Americanas

Valoriza-se:

  1. a ética do trabalho
  2. a lógica da acumulação
  3. o investimento de recursos

Nas Treze Colônias havia formação de uma sociedade civil, pois o governo era fraco, pois havia o auto-governo. Também ocorria, a servidão por contrato, que baseava-se em trazer indivíduos desempregados da Inglaterra. Na época do governo de Stuart, houve cercamentos, na qual muitos colonos perderam suas terras. A viagem até as Treze Colônias era paga pelos Estados Unidos e esses colonos deveriam trabalhar por 7 anos em média para pagar seus custos.

Fatores que levaram a independência das 13 colônias:

- a metrópole cobrava impostos dos colonos e colocava muitas regras na população.

- a obrigação e ter participado da Guerra dos 7 anos.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!


 

Matérias do Concurso

Estudantes lendo livro Concurso Público

Você já escolheu a área em que você vai prestar concurso público? Se sim, aproveite para ler os conteúdos que mais caem nas provas.

Matérias do Concurso