Tipologia Textual

livros empilhadosNARRAÇÃO

Desenvolvimento de ações. Tempo em andamento.

Narrar é contar uma história. A Narração é uma sequência de ações que se desenrolam na linha do tempo, umas após outras. Toda ação pressupõe a existência de um personagem ou actante que a pratica em determinado momento e em determinado lugar, por isso temos quatro dos seis componentes fundamentais de um emissor ou narrador se serve para criar um ato narrativo: personagem, ação, espaço, e tempo em desenvolvimento. Outros dois elementos da narrativa são: narrador e enredo ou trama.

DESCRIÇÃO

Retrato através de palavras. Tempo estático.

Descrever é pintar um quadro, retratar um objeto, um personagem, um ambiente. O ato descritivo difere do narrativo, fundamentalmente, por não se preocupar com a sequência das ações, com a sucessão dos momentos, com o desenrolar do tempo. A descrição encara um ou vários objetivos, um ou vários personagens, uma ou várias ações, em um determinado momento, em um mesmo instante e em um fração da linha cronológica. É a foto de um instante.

  • A descrição estática não envolve ação.
  • A descrição dinâmica apresenta um conjunto de ações concomitantes, isto é, um conjunto de ações que acontecem todas ao mesmo tempo, como uma fotografia.

DISSERTAÇÃO

Desenvolvimento de ideias. Temporais/Atemporais.

Dissertar diz respeito ao desenvolvimento de ideias, de juízos, de pensamentos, de raciocínio sobre um assunto ou tema. Quase sempre os textos quer literários, quer científicos, não se limitam a ser puramente descritivos, narrativos ou dissertativos. Normalmente um texto é um complexo, uma composição, uma redação, onde se misturam os aspectos das três tipologias textuais e, para classificá-los como narração, dissertação ou descrição, procure observar qual o componente predominante.

Texto Injuntivo

É todo o texto com a finalidade de instruir o leitor com grande uso de verbos no imperativo.

Quando é um texto que busca aconselhar e sugerir, mas sem ordenar, ele recebe o nome injuntivo-instrucional.

Ex:

-manual de instruções;

-texto de autoajuda;

-receitas, etc.

Já quando o texto impõe ordens e dá orientações recebe o nome de injuntivo-prescretivo.

Ex:

-cláusulas de contratos;

-receita de médico;

-artigos da Constituição, etc.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!


 

Matérias do Concurso

Estudantes lendo livro Concurso Público

Você já escolheu a área em que você vai prestar concurso público? Se sim, aproveite para ler os conteúdos que mais caem nas provas.

Matérias do Concurso