Concurso para Diplomata do Itamaraty

Benefícios do Diplomata

O diplomata e sua família possuem o passaporte vermelho, que não necessita de visto para visitar outros países. Além disso, eles possuem uma sala de embarque especial nos aeroportos.

Os diplomatas em missão podem adquirir veículos sem necessidade de pagar impostos, o que reduz o custo de compra. E também possuem apartamentos funcionais, que na maior parte das vezes, é a própria embaixada.

A imunidade diplomática inclui salvo-conduto, para transitar livremente pelo território, inviolabilidade na sede de sua residência (embaixadas) e imunidade de execução absoluta, que não podem ser cumpridas a força no território em que se encontram (Estado acreditado), somente podem ser julgados no Estado de origem (Estado acreditando).

Carreira Diplomática

O trabalho do diplomata é fazer negociações internacionais que envolvam o Brasil, seja na área econômica, política ou fronteiriça, a fim de solucionar conflitos entre países. Além disso, ele também é responsável por representar o Brasil frente a divulgação da cultura brasileira nos diversos aspectos que o necessitem (diplomacia pública), além de dar apoio a brasileiros que estejam fora do Brasil.

Para que isso ocorra, o diplomata deve morar 4 anos em cada país, o que gera deslocamentos constantes para ele e sua família. As viagens são intercaladas entre países desenvolvidos e em desenvolvimento, que são chamados postos A (Europa), B, C ou D (África).

O candidato ingressa no Itamaraty como Terceiro Secretário, que é o posto mais baixo da hierarquia. Depois vem Segundo Secretário, Primeiro Secretário, Conselheiro, Ministro de Segunda Classe, Ministro de Primeira Classe e Embaixador, no qual o diplomata deve fazer o Curso de Altos Estudos (CAE) com duração de 4 anos, equivalente ao Doutorado.

Concurso do Itamaraty

O Concurso de Admissão à Carreira Diplomática (CACD), diferente dos outros que, geralmente, ocorrem a cada 4 anos, o CACD tem a particularidade de ser oferecido todos os anos. Historicamente o CACD disponibiliza em torno de 30 vagas, com raras exceções em alguns governos.

Geralmente a concorrência é por volta de 100 candidatos por vaga. Nos últimos anos, a banca organizadora escolhida para aplicação das provas foi o Cespe, mas não é uma regra obrigatória.

O Ministério das Relações Exteriores, chamado Itamaraty, disponibiliza aos candidatos o Guia de Estudos, que são as questões da última prova, com a resposta que recebeu maior nota no concurso. Além disso, no Guia de Estudos, o candidato encontrará a maior parte da bibliografia exigida nos concursos públicos.

Para visualizar as matérias que caem no concurso de admissão à carreira Diplomática, basta clicar no link a seguir:

Matérias dos Concurso para Diplomata do Itamaraty

O Itamaraty proporciona uma bolsa-auxílio para que os candidatos carentes possam se dedicar ao concurso. Além disso, também existem vagas destinadas aos portadores de necessidades especiais e aos afrodescendentes.

Geralmente o candidato que começa o seu preparo, leva em torno de 2 anos para estudar toda a bibliografia exigida no concurso. Ao tomar posse no concurso, o candidato passará por um curso no Instituto Rio Branco com duração de 2 anos, equivalente ao Mestrado.

Se você deseja visualizar o edital completo do Concurso para Admissão à Carreira Diplomática de 2016, basta clicar no link abaixo:

Edital 2016 para Diplomata do Itamaraty

Esclareça suas dúvidas

Aqui, você encontrará as principais informações para quem deseja se dedicar a carreira de Diplomata.

1. Qual o site do Itamaraty?

www.itamaraty.gov.br

Inclusive no site você pode conferir as principais notíciais nacionais e internacionais. É importante ficar por dentro do que acontece no Brasil e no Mundo, pois é cobrado na prova. Para isso, acesse a Sala de Imprensa e clique em Seleção Diária de Notícias.

2. Existe alguma restrição para se inscrever no concurso?

Para se inscrever no CACD é necessário ser brasileiro nato. Infelizmente, estrangeiros e brasileiros naturalizados não podem prestar o concurso.

3. É exigida alguma formação específica?

Não, na carreira diplomática são bem-vindas todas as formações superiores, basta ter graduação.

4. Como é a prova?

O concurso é um longo processo, que leva 6 meses desde a primeira prova até a última. As provas de concursos públicos são aplicadas em 4 fases, incluindo provas objetivas e discursivas. Também é necessário ter fluência em inglês, francês e espanhol.

Concursos Abertos

Homem estudando para concurso

Existem vários concursos que estão com inscrições abertas. Não perca tempo! Pesquise sobre a seleção que mais se encaixam no seu perfil.

Concursos Abertos

Dicas para Concurso

garota estudando

Confira algumas dicas de concursos organizadas especialmente para você se preparar e obter sua vaga na área pública.

Dicas para concurso

Vagas de Concursos

imprensa nacional logo

Fique por dentro das vagas federais, nomeações, concursos, etc.autorizadas na área pública pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Vagas de Concursos