HomeComo passarMatérias do ConcursoTribunais SuperioresQuestões de prova - Analista Judiciário (clínica médica)


Questões de prova - Analista Judiciário (clínica médica)

Uma paciente de cinquenta e um anos de idade, sedentária e hipertensa procurou o ambulatório para realizar exame periódico. A paciente apresentava-se assintomática e relatou que fazia uso de clortalidona, na dosagem de 25 mg ao dia. No exame físico, foi constatado que seu índice de massa corporal (IMC) era de 31 kg/m2, sua pressão arterial (PA), de 142 mmHg × 94 mmHg (obtida pela média de três medidas), sua frequência cardíaca (FC), de 74 bpm e sua circunferência abdominal, de 95 cm. O exame de sangue mostrou os seguintes resultados: triglicerídios = 192 mg/dL, colesterol total = 255 mg/dL, fração HDL do colesterol = 35 mg/dL, fração LDL do colesterol = 180 mg/dL e glicemia de jejum = 108 mg/dL. O eletrocardiograma e os demais exames de sangue solicitados apresentaram resultados normais.

1 - A partir do caso clínico apresentado acima, julgue os itens que se seguem.

a)  realização do teste oral de tolerância à glicose para o diagnóstico de diabetes é desnecessária se a paciente apresentar resultado normal no teste de hemoglobina glicada.

b) Para a obtenção da meta pressórica preconizada para essa paciente, que é de 140 mmHg × 90 mmHg, são indicadas apenas medidas não farmacológicas, como redução do peso corporal e prática de exercícios físicos.

c) Geralmente, em casos clínicos semelhantes ao apresentado, os exames de sangue dos pacientes registram a existência de partículas de LDL menores, mais densas, mais facilmente oxidadas e, consequentemente, com maior poder aterogênico.

d) O médico que atendeu a paciente procedeu corretamente ao solicitar apenas os exames citados, já que é desnecessário avaliar a presença de lesões em órgãos-alvos por meio de outros exames complementares.

Um paciente diabético, de setenta e seis anos de idade, tabagista desde os quinze anos de idade, recebeu, recentemente, diagnóstico de adenocarcinoma de cólon, não tendo ainda se submetido a tratamento específico. O paciente, que consome vinte cigarros por dia, compareceu ao pronto-socorro queixando-se de tosse produtiva com expectoração amarelada associada a dor torácica, bacteremia e febre havia três dias. No exame físico, constataram-se estado geral debilitado, dispneia, temperatura axilar de 38oC, saturação periférica de oxigênio de 88%, FC igual a 130 bpm, frequência respiratória (FR) de 32 irpm e PA igual a 100 mmHg × 60 mmHg. Verificaram-se, ainda, pulsos arteriais palpáveis, boa perfusão capilar, ritmo cardíaco regular, bulhas normofonéticas e dispneia com presença de estertores crepitantes audíveis no terço inferior de hemitórax esquerdo. Não foram constatadas visceromegalias à palpação do abdome. A radiografia de tórax revelou opacidade no lobo inferior do pulmão esquerdo. O hemograma, por sua vez, mostrou 12.000 leucócitos, sem desvio à esquerda. O exame de sangue revelou ureia de 65 mg/dL, creatinina de 1,8 mg/dL, potássio de 5,6 mEq/L e sódio igual a 126 mEq/L. Os demais exames realizados não revelaram alterações significativas.

2 - Com relação a esse quadro clínico, julgue os itens subsecutivos

a) O paciente em questão poderá fazer o tratamento em ambulatório, desde que receba, ainda no pronto-socorro, a primeira dose de antibiótico por via parenteral.

b) A monoterapia com claritomicina é uma das terapias indicadas para o referido paciente.

c)  O padrão radiológico descrito acima afasta a possibilidade de o paciente sofrer de pneumonia por germes atípicos

 

 

Imagem questões Prova - STJ

 

3 - A incapacidade de manutenção da permeabilidade das vias aéreas impossibilita a adequada oxigenação tecidual e pode trazer consequências fatais. As figuras acima ilustram o exame da abertura espontânea da boca em quatro pacientes (indicados pelas letras A, B, C e D) cooperativos que necessitam de entubação orotraqueal por  laringoscopia direta. Com base nas informações apresentadas e considerando que a relação língua-orofaringe — pela classificação de Mallampati (1985) — é um dos dados relevantes para que se preveja a dificuldade de realização da entubação orotraqueal, julgue os itens que se seguem.

a) Das características do paciente B mostradas na figura infere-se que a laringoscopia direta e a entubação  orotraqueal serão realizadas com moderada dificuldade nesse paciente.

b) De acordo com a classificação de Mallampati, o paciente C pertence à classe IV.

c) O paciente D pertence à classe III de Mallampati. Em virtude de sua anatomia, uma laringoscopia direta e  entubação orotraqueal poderão ser realizadas com moderado grau de dificuldade.

d) A anatomia do paciente A indica que, potencialmente, a laringoscopia direta e a entubação orotraqueal serão  feitas com extrema dificuldade.

4 - O suporte básico de vida é considerado essencial para o salvamento de vítimas de episódios de parada cardíaca e inclui o reconhecimento imediato da parada cardíaca, a ativação do serviço de atendimento de emergência disponível, o início precoce das manobras de ressuscitação cardiopulmonar e a rápida desfibrilação elétrica. A respeito das manobras de ressuscitação cardiopulmonar preconizadas pela Associação Americana do Coração (American Heart Association) em 2010, julgue os itens subsecutivos.

a) Nos adultos, a profundidade das compressões torácicas deve ser de, no mínimo, 5 cm, e deve-se esperar o retorno completo da parede torácica após a realização de cada compressão, de forma a permitir o adequado enchimento do coração antes da próxima compressão.

b) Havendo um único socorrista, após o início das compressões torácicas, ele deve realizar ventilações que ofereçam volume corrente suficiente para produzir uma elevação visível da parede torácica e que mantenham uma relação compressão-ventilação de 30:2.

c) Na presença de dois socorristas, após a manutenção adequada das vias aéreas, por entubação orotraqueal, por exemplo, deve-se reduzir a frequência das compressões torácicas para um mínimo de 80 a cada minuto, mantendo-se a relação compressão-ventilação de 15:2 e interrompendo-se brevemente as compressões torácicas durante a realização da ventilação.

d) O socorrista, quando atua isoladamente, deve manter a frequência mínima de cem compressões torácicas a cada minuto.

5 - Acerca da incapacidade laboral, julgue os itens subsecutivos.

a) A incapacidade laboral será considerada parcial se for possível a recuperação dentro de um prazo determinado.

b) Genericamente, incapacidade laboral é a impossibilidade de desempenho das funções específicas de uma atividade ou ocupação, em decorrência de alterações morfopsicofisiológicas causadas por doença ou acidente. O risco de morte, para si ou para terceiros, bem como o risco de agravamento que a manutenção da atividade possa implicar, será implicitamente incluído no conceito de incapacidade laboral, desde que palpável e indiscutível.

6 - Uma forma de enfrentamento do intenso processo de especialização na área da saúde é o trabalho em equipes multidisciplinares. A respeito desse assunto, julgue os próximos itens.

a) No trabalho de equipe de integração, observam-se articulação das ações e interação dos profissionais das diferentes áreas que a compõem.

b) As características do trabalho em equipe de agrupamento incluem a fragmentação, a formação de grupos de diferentes profissionais e a justaposição das ações.

Gabarito
  A B C D E F
1 E E C E    
2 E E E      
3 E E  E E    
4 C C E  C    
5 E C        
6 C C        

 

CESPE - 2012 - STJ - Analista Judiciário - Clínica Médica

Gostou do conteúdo? Compartilhe!


 

Apostila Grátis

mulher estudando para concurso

Está precisando de material de estudo? Aqui você encontra apostilas e provas gratuitas que podem aumentar o seu desempenho em concursos!

Apostila Grátis

Dicas para Concurso

garota estudando

Confira algumas dicas de concursos organizadas especialmente para você se preparar e obter sua vaga na área pública.

Dicas para concurso